odalailima@gmail.com






quinta-feira, 30 de maio de 2013

quarta-feira, 29 de maio de 2013

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Profissões


Era licenciada em Posologia, com um Pós-Doc em Literatura Incluída.

SôZé


– Viu o jogo, SôDalai? 

– A primeira parte, só. 

– E então? 

– E então, quando o Gaitán marcou aquele golo esquisito, ainda pensei que o Benfica ia passar ao lado duma época perfeita, mas depois a equipa encontrou-se e foi igual a si mesma. 

– Pois, até a Vitória Spice lhes ganhava. A verdade é que prognósticos, só no fim da época. 

– Até soube melhor por isso. 

– E o Cardoso, a empurrar o Mister? 

Vae victis, vae victis, e cenas. 

– Reparou que o Jesus tentou deitar as culpas para um repórter? 

– Não, o que é que ele disse? 

– Qualquer coisa como isto: «Tu perderes no Jamor é muito complicado.» 

– É sempre complicado quando há uma terceira pessoa em jogo.  

– Pois. E agora, como é que é? O homem fica? 

– A intenção do Orelhas-Grandes era essa, mas agora não acredito. Lá vai o Pastilhas para o Egipto. 

Egito, ergo sum

– Pois, et non ergo taça. 

Non ergo nihil

– Quem é que o Orelhas lá põe agora? 

– Sei lá, talvez opte apesar de tudo por uma solução de continuidade.

– Está a pensar em quem? 

– Sei lá, o Fernando Mamede. 

– Ou o Vítor Pereira. 

– Não, esse vai para adjunto do Jesus para o Egipto. 

– E o Jesus? 

– Ah, o Jesus vai para adjunto do Toni para o Irão.

– Irão?

– Têm de ir.





Bolas


 «Não resisto a um jogo de palavras.» – Jorge Jesus, comentando a derrota na Taça perante Rui Vitória, do Vitória de Guimarães

quinta-feira, 23 de maio de 2013

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Leituras


Comecei a ler o «Ulisses» do James Joyce, mas desisti quando cheguei ao título.

Muito Sexo, Pouco Nexo


«Estou absolutamente certo de que lhe descobri o ponto H, como é que ela não reage?»

terça-feira, 21 de maio de 2013

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Bolas


Benfiquista que se preze é filho e neto de benfiquistas, leia-se, fruto de incesto.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Bolas


Último desejo: que Jesus ajude e Pereira não desajude.

Bolas


Jorge Jesus ajoelhou, agora vai ter que rezar.

Posgnósticos


«O facto de irmos jogar com a equipa que está mais em baixo no campeonato dá-nos esperanças legítimas de atingir os nossos objectivos.» - Treinador do Moreirense

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Este país


Portugal é uma espécie de acidente do qual resultaram apenas mortos ligeiros.

Litroatura


Hoje, no Martinho da Arcada, sessão de alterógrafos com a presença de Álvaro de Campos, Bernardo Soares, Ricardo Reis, Alberto Caeiro e Chevalier des Pas.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Bolas


«Prognósticos, só 51 anos antes do jogo.» – Bela Gutman

Bolas

Jesus convicto de que Benfica terá o mesmo
 sucesso no campeonato e na Liga Europa.

Bolas


P.: Que nome se dá às avaliações de desempenho no Benfica? 

R.: Autópsias.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Bolas


Benfica assina protocolo com Centro de Protecção de Aves Feridas.

Bolas


«Não adianta chorar sobre o leite derramado – termos é de nos concentrar na derrota com o Chelsea.» -JJ

Bolas


Benfica, clube histórico do futebol nacional

segunda-feira, 13 de maio de 2013

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Otarquias


«Estou sempre disponível para receber um concelho amigo.» 
- Autarca dinossauro

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Al Capone na padaria


– Então, chefe, quantos é que vão ser? 

– Avia-me aí uma dúzia.

Crise, qual crise


Ao contrário do que se diz, Vítor Gaspar está por dentro da realidade. Pelo menos da minha.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Bolas


Benfica SAD

Bolas


«É muito injusto, ver o trabalho dum ano inteiro ir por água abaixo em apenas hora e meia.» – Jorge Jesus sobre os exames nacionais do 4.º ano

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Este país


Portugal é um país imergente.

Os Merdia


Ainda bem que o PM vai à televisão às 20H – assim, ao menos, poupa-nos às más notícias habituais do Telejornal.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Filho da Sofia


A gente não faz mais nada senão viver.

SôZé



– E Pérolas, SôDalai?

– Tenho uma boa do sujeito nulo expletivo.

– Está a falar de quem?

– Do alegado Jesus.

– Ah, sim. E então, é o quê?

– Um clássico nele. Começa a falar com palavras de sete e quinhentos, e de repente perde o pé.

– Sei. Na piscina dos pequeninos. Então faz favor.

– Muito obrigado. Foi a propósito do jogo de hoje. «Temos a nosso favor o factor confiança e o factor [pausa], o factor [pausa] as pessoas irem apoiar-nos.»

– Ah, o famoso Factor Irene Apoiarnos. Acho que era grega.

– Praí.

CARAS


Sr. Aleixo, da Fábrica de Chaves do Areeiro, abre-nos as portas de nossa casa.